Blog Esportivo do Suiço

Blog Esportivo do Suiço

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Fluminense sofre, mas bate o Criciúma no jogo de abertura da Primeira Liga

Atual campeão da Primeira Liga, o Fluminense começou com o pé direito a sua campanha em busca do bicampeonato. Em partida disputada na noite desta terça-feira, no estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora, o Tricolor derrotou o Criciúma, de virada, por 3 a 2. 

Na próxima rodada, o Fluminense vai enfrentar o Internacional, no Beira-Rio, enquanto o Criciúma visita o Brasil de Pelotas, no Bento de Freitas.

Em seu primeiro jogo oficial em 2017, o time dirigido pelo técnico Abel Braga mostrou mais organização e fez por merecer a vitória diante de um adversário apenas lutador. Henrique, Pedro e Marquinho marcaram para o Fluminense, enquanto Raphael Silva e Hélio Paraíba anotaram para a equipe catarinense. 

No aniversário de Fabiana, Praia bate o Brasília fora e assume vice-liderança

A central Fabiana comemorou o aniversário de 32 anos com importante vitória para o Praia Clube na noite desta terça-feira, no Distrito Federal. Em confronto direto da parte de cima da tabela da Superliga feminina, o time de Uberlândia não se intimidou no Ginásio Nilson Nelson, foi superior ao Brasília Vôlei e garantiu três pontos com a vitória por 3 sets a 1, em partida antecipada da 7ª rodada - parciais de 26/24, 25/20, 20/25 25/21.

Com o resultado, as mineiras assumiram a vice-liderança do campeonato. A oposta cubana Ramirez se destacou e levou o Troféu VivaVôlei para casa. A atacante ainda foi a maior pontuadora do duelo, com 25 pontos.

O Praia Clube, que corria o risco de perder a terceira colocação para o Brasília, não apenas se manteve à frente do time candango com o triunfo na capital federal como alcançou os mesmos 34 pontos do Osasco, então segundo colocado. A equipe mineira, no entanto, leva vantagem no número de vitórias e, ao menos provisoriamente, fica com a vice-liderança. Com um jogo a menos, as paulistas terão a oportunidade de retomar a segunda posição no dia 3 de fevereiro, quando enfrentam o Rio do Sul, fora de casa.

Sem sustos, Náutico estreia bem no Nordestão e goleia Uniclinic

Não houve espaços para uma surpresa na estreia pela Copa do Nordeste de 2017. Vice-campeão do Campeonato Cearense do ano passado, o Uniclinic foi presa fácil do Náutico, na Arena de Pernambuco. Ao mostrar organização e tranquilidade, o Timbu ditou o ritmo e goleou por 4 a 0, com gols de Giva, Juninho e Jefferson Nem - duas vezes. Com a vitória, o Alvirrubro assume a liderança do Grupo A, com três pontos. Campinense e Santa Cruz complementam a rodada, nesta quarta-feira. 

No próximo domingo, Náutico e Uniclinic voltam a campo, mas pelos Estaduais. O Timbu se apresenta na Arena de Pernambuco, no clássico contra o Santa Cruz - será a rodada inaugural do Pernambucano. Já a Águia da Precabura atua contra o Itapipoca, no Perilão, pelo Campeonato Cearense.

Em reedição de finais do NBB, Fla leva virada do Bauru e sofre derrota em casa

Finalistas das duas últimas edições do Novo Basquete Brasil, em 2015 e 2016, Flamengo e Bauru voltaram a se encontrar na noite desta terça-feira. Em jogo válido pelo returno do NBB, o time do interior de São Paulo levou a melhor e saiu vitorioso por 72 a 63, apesar de estar na casa de seu adversário e da pressão da torcida rival.

Diferentemente das finais dos NBBs 7 e 8, onde o clube da Gávea levou a melhor, os comandados de Demétrius Ferracciús superaram os atletas de José Neto. No primeiro turno, mais precisamente no dia 5 de novembro, o Rubro-Negro tinha vencido por 100 a 95. Apesar do revés, o histórico do confronto ainda é positivo para o Fla. Em 33 jogos, foram 23 vitórias.

Apesar da primeira colocação na tabela, o Flamengo não vive seu melhor momento no NBB. Contando o revés desta terça-feira, o time chega a três derrotas nos quatro últimos jogos. Já o Bauru, que vinha se mostrando inconstante e tinha três quedas nos ultimos cinco jogos, agora se consolida na quarta colocação, deixando Vasco, Pinheiros, Paulistano e Mogi das Cruzes, que tinham o mesmo aproveitamento, para trás.

Agora, o próximo desafio dos rubro-negros, que são comandados pelo técnico José Neto, é justamente seu maior rival, o Vasco da Gama. No sábado, as duas equipes se enfrentam a partir das 14h (de Brasília), na Arena da Barra, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Já o Bauru vai encarar o Macaé fora de casa, no dia 26 de janeiro, às 19h30.

Fora de casa, Rio de Janeiro atropela Sesi e vence mais uma na Superliga

Em jogo antecipado da sexta rodada do returno da Superliga feminina 2016/2017, o Rio de Janeiro conquistou mais uma vitória. Fora de casa, o time não deu chances ao Sesi, e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/10, 25/21 e 25/13), em 1h12 de jogo, no ginásio do Sesi, em Santo André.

O Troféu VivaVôlei ficou com a líbero Fabi. As maiores pontuadoras foram as opostas Monique, do time carioca, e Lorenne, da equipe paulista, com 11 pontos cada.

Com o resultado, o Rio de Janeiro segue tranquilo na liderança da Superliga, com 14 triunfos em 15 jogos.

Já o Sesi não vive uma boa fase, e venceu apenas uma partida na competição até o momento, aparecendo na penúltima colocação.

Napoli vence Fiorentina e se classifica para semifinal da Copa da Itália

Em duelo faltoso e muito pegado, o Napoli garantiu a classificação para a semifinal da Copa da Itália após vencer a Fiorentina por 1 a 0, nesta terça-feira. Atuando em casa, no estádio San Paolo, a equipe napolitana garantiu a vitória apenas no segundo tempo com um gol marcado por Callejón.

O domínio do Napoli era cada vez maior, até que aos 25 minutos a equipe da casa abriu o placar. Após rápida troca de passes na ponta esquerda, Hamsik faz um ótimo cruzamento para Callejón, entre os dois zagueiros, cabecear forte para o fundo do gol.

O Napoli encara agora o vencedor do duelo entre Milan e Juventus, que ocorre nesta quarta-feira às 17h45 (horário de Brasília).

Empate com a Colômbia levará Brasil ao topo do ranking da Fifa após 7 anos

A causa é nobre e o jogo é amistoso, com renda revertida para familiares das vítimas do voo da Chapecoense, mas as exigências da Fifa - com determinação de apenas seis substituições, por exemplo - tornam a partida desta quarta-feira, de certa forma, importante pelo resultado de campo. Com empate ou vitória, contra a Colômbia, na noite desta quarta-feira, às 21h45, no estádio Nilton Santos, o Engenhão, a Seleção volta ao topo do ranking da Fifa e quebra jejum de sete anos. Desde maio de 2010 que o Brasil não ocupa a liderança do ranqueamento da entidade máxima do futebol internacional. 

A vitória valeria 582 pontos e o empate 194 pontos. Hoje, a Argentina, primeira do raking, está com 90 pontos apenas na frente do Brasil. Os "hermanos" somam 1634 pontos e o Brasil, 1544. O compromisso do Brasil com a Colômbia é o primeiro do ano que conta para o ranking da Fifa.

Federer despacha algoz de Murray e pega Wawrinka nas semis na Austrália

O misto de experiência e agressividade garantiu o favoritismo de Roger Federer em cima do canhoto alemão Mischa Zverev. Com o placar de 6/1, 7/5 e 6/2, o suíço eliminou o homem que havia surpreendido o líder do ranking Andy Murray na rodada anterior e com isso está pela 13ª vez na semifinal da Austrália em busca do quinto título e do 18º troféu de Grand Slam. 

Aos 35 anos e 174 dias, Federer se torna o tenista de mais idade a atingir uma semi de Grand Slam desde os 39 anos de Jimmy Connors no US Open de 1991 e também o mais idoso na Austrália desde Arthur Ashe, que tinha 35 anos e 177 dias em 1978. Aumenta seu incrível recorde para 41 semis de nível Grand Slam, 10 a mais que Connors, o segundo colocado. 

Na quinta-feira, Federer fará o 22º duelo direto diante do amigo e compatriota Stan Wawrinka, que mais cedo passou por Jo-Wilfried Tsonga sem sustos. Federer ganhou 18 deles e sofreu três derrotas no saibro. Será o sétimo confronto em nível Grand Slam e a segunda semi, repetindo US Open de 2015. Wawrinka só ganhou uma vez, nas quartas de Paris também de 2015. Os dois se cruzaram nas quartas da Austrália em 2011.

Wawrinka controla Tsonga e se garante nas semis do Australian Open

Foi mais tranquilo do que se imaginava. O suíço Stan Wawrinka não encontrou tanta resistência do francês Jo-Wilfried Tsonga na primeira partida de quartas de final da chave masculina do Australian Open. O campeão de 2014 precisou de apenas três sets e 2h15 de jogo para selar sua 250ª vitória da carreira no piso duro, com parciais de 7/6 (7-2), 6/4 e 6/3. 

O triunfo desta quarta-feira foi o quinto de Wawrinka sobre o francês, mas apenas o primeiro no piso duro, já que ele havia perdido o único embate anterior com Tsonga nesta superfície. Em Grand Slam, o suíço tem vantagem agora de 3 a 1, sendo que os três confrontos anteriores aconteceram em Roland Garros.

Nas semifinais, Stan pode ter duelo 100% suíço pela frente. Para que isso aconteça, basta que Roger Federer confirme o favoritismo para cima de Mischa Zverev, algoz do britânico Andy Murray.

Argentina goleia Bolívia e vira líder de seu grupo no Sul-Americano sub-20

A Argentina conquistou na noite desta segunda-feira a sua primeira vitória no Campeonato Sul-Americano sub-20, disputado no Equador. Após empatar com Peru e Uruguai nas duas primeiras rodadas, a equipe alviceleste lavou a alma com goleada por 5 a 1 sobre a Bolívia, em duelo disputado na cidade de Ibarra. Argentina só volta a campo na sexta-feira, às 22h15, para duelar com os venezuelanos e encerrar sua participação na primeira fase.

Pentacampeã da competição, a Argentina tratou de liquidar as chances bolivianas já no primeiro tempo, quando marcou três gols, com Luis Torres, duas vezes, e Braian Mansilla.

Na etapa final, os argentinos fizeram mais dois, com Tomas Conechny e Lucas Rodriguez. No fim, Ramiro Vaca fez o gol de honra da Bolívia.

Vice em 2016, Independiente del Valle estreia com vitória fora na Libertadores

Vice-campeão na edição passada, o Independiente del Valle estreou com uma importante vitória na Taça Libertadores. Atuando fora de casa, no Peru, o time equatoriano venceu o Deportivo Municipal por 1 a 0 graças ao solitário gol de Michel Estrada, nesta segunda-feira, e encaminhou a vaga para a segunda fase. O jogo da volta será na próxima sexta. Se avançar, o Del Valle encara o Olímpia, do Paraguai - em duelo que definirá o adversário do vencedor de Botafogo x Colo-Colo.

Caso o vencedor desse confronto passe pelo Olimpia e, na fase seguinte, por quem levar a melhor de Botafogo x Colo-Colo, entrará no Grupo 1 ao lado de Barcelona de Guayaquil, Estudiantes e Atlético Nacional, logo com quem o Independiente del Valle fez a final da última decisão da Libertadores.

Venus anota 50ª vitória em Melbourne e volta à semi

Depois de 14 anos de espera, a norte-americana Venus Williams voltará a disputar uma semifinal de Australian Open. A vaga veio nesta terça-feira, quando ela derrubou a russa Anastasia Pavlyuchenkova em sets diretos, com parciais de 6/4 e 7/6 (7-3), anotando sua 50ª vitória no torneio. 

Venus iguala assim sua segunda melhor campanha da carreira em Melbourne, onde fez semi em 2001, derrotada pela suíça Martina Hingis. Seu desempenho de maior destaque na competição aconteceu em 2003, quando ficou com o vice-campeonato, superada pela irmã caçula Serena na decisão. 

O próximo obstáculo no caminho da norte-americana de 36 anos, quinta mais velha a alcançar uma semifinal de Grand Slam, sairá do confronto entre a compatriota Coco Vandweghe e a espanhola Garbiñe Muguruza. Venus tem vantagem no histórico contra as duas, bateu Vandweghe na única vez que se enfrentaram e Muguruza nos três duelos que tiveram.

Vandewghe saca demais e bate Muguruza nas quartas do Australian Open

A norte-americana Coco Vandeweghe fez mais uma vítima neste Australian Open. Depois de bater a alemã Angelique Kerber nas oitavas, nesta terça-feira foi a vez de despachar a espanhola Garbiñe Muguruza, pelas quartas de final do torneio, triunfando em sets diretos, com parciais de 6/4 e 6/0, em 1h23 de partida. 

Em sua primeira semifinal da carreira em Grand Slam, Vandeweghe terá pela frente a compatriota Venus Williams, que depois de 14 anos voltou à penúltima rodada no Melbourne Park. Será a segunda vez que as norte-americanas medem forças no circuito e a ex-número 1 do mundo leva vantagem tendo vencido o duelo anterior. 

Sacando demais, a atual 35 do mundo dominou Muguruza, principalmente no segundo set, em que selou a vitória anotando um "pneu" para cima da atual campeã de Roland Garros. Apesar de anotar apenas cinco aces e colocar só 52% das primeiras bolas em quadra, Vandeweghe venceu 71% dos pontos de serviço e não sofreu uma quebra sequer.

Harden e Nenê têm boa atuação, mas Bucks desbancam os Rockets em casa

O brasileiro Nenê teve uma boa participação na partida de sua equipe, o Houston Rockets, contra o Milwaukee Bucks, fora de casa, nesta segunda-feira. Ele fez 17 pontos e ainda conseguiu sete rebotes, mas, do outro lado, estavam Giannis Antetokounmpo e Jabari Parker, que foram responsáveis por quase metade dos pontos dos Bucks na vitória em casa pelo placar de 127 a 114. Juntos, eles marcaram 59 pontos, sendo 31 para Giannis, o cestinha, e 28 para Parker.

Além deles, Greg Monroe, com 17, e Matthew Delavedova, com 16, foram bem. Pelos Rockets, fora Nenê, vale destacar James Harden, candidato a MVP da temporada, que conseguiu um duplo-duplo, com 26 pontos e 12 assistências, fora os nove rebotes e quatro roubadas de bola; Patrick Beverley, com 18 pontos; e Ryan Anderson e Clint Capela, ambos com 16.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Possível rival do Atlético-PR, Deportivo Capiatá derrota o Táchira na estreia da Libertadores

Novato na Libertadores, o Deportivo Capiatá iniciou sua jornada na competição com vitória. Em duelo pela primeira fase do torneio, o pequeno time do Paraguai venceu o tradicional Deportivo Táchira por 1 a 0, em casa, nesta segunda-feira, e está a um empate de se classificar - a volta será sexta-feira na Venezuela. Hugo Lusardi marcou o único gol do jogo, aos 46 da primeira etapa.

Quem passar deste confronto, enfrentará o adversário do Universitario, do Peru, na próxima fase. O vencedor cruzará o caminho de Atlético-PR ou Millonarios, da Colômbia, na terceira fase, a última antes da fase de grupos. Desse cruzamento sairá o quarto integrante do Grupo A, que já tem Flamengo, San Lorenzo e Universidad Católica.

Com virada no último quarto, Franca derrota Macaé e embala no NBB

A vitória sobre o Flamengo no Tijuca Tênis Clube, sábado, fez bem ao Franca Basquete, venceu a segunda consecutiva no NBB, nesta segunda-feira. Em outro duelo contra carioca, a equipe comandada pelo técnico Helinho Garcia bateu o Macaé no Tênis Clube Macaé por 78 a 75, chegando à nona vitória na competição nacional.

Os donos da casa fizeram o cestinha da partida, o americano Anthony, autor de 22 pontos e cinco assistências, mas não foram suficientes para impedir a virada francana no último quarto. Os paulistas iniciaram o último período com a desvantagem de 57 a 53.

O armador Coelho, que havia marcado oito pontos até então, anotou 12 pontos, pegou dois rebotes e fez outras duas assistências, capazes de embalar a equipe francana, levando à vitória no último quarto por 25 a 18.

Com a vitória, pelo índice de aproveitamento, o Franca assumiu a 9ª colocação do NBB. O Macaé, com 12 derrotas em 15 partidas, segue na vice-lanterna da competição. Para recuperar-se na tabela, o time do técnico Léo Costa volta à quadra nesta quinta-feira, contra o Bauru, novamente no Tênis Clube Macaé. Os francanos jogam somente no dia 31, terça-feira, diante da Liga Sorocaba, no Pedrocão.

Bolivianos vencem uruguaios na abertura da Libertadores

Remodelada, a Copa Libertadores da América 2017 teve o seu pontapé inicial dado na noite desta segunda-feira. Jogando em casa, no Estádio Olímpico Pátria, o boliviano Universitario Sucre se aproveitou da altitude de mais de 2.800 metros da cidade que dá o nome ao time e derrotou o Montevideo Wanderers, do Uruguai, por 3 a 2, pelo jogo de ida da primeira fase da competição. 

O resultado não foi de todo ruim para os uruguaios, que se classificam para segunda fase com uma vitória simples (1 a 0 e 2 a 1) desde que não sofram dois gols ou mais. Os bolivianos, por sua vez, garantem a vaga com um empate. O duelo de volta está marcado para esta sexta-feira, às 20h15 (de Brasília), no Estádio Alfredo Viera, em Montevidéu.

Campeã baiana pelo Vitória, Caroline Costa dos Santos morre em acidente de moto

Com muito pesar, o Vitória lamenta a perda trágica de uma de suas Leoas. Campeã baiana pelo clube no estadual feminino, Caroline Costa dos Santos, nossa “Tchula”, faleceu na madrugada desta segunda-feira (23), vítima de um acidente de moto em São Caetano. A lateral-direita, que também atuava como volante, será sepultada na Quinta dos Lázaros, às 16h desta segunda-feira (23).

Nascida em Salvador no dia 11 de junho de 1997, há cinco anos, Carolline Loreenzo, nome que utilizava oficialmente, fazia parte do elenco comandado pelo técnico Quinho. O Vitória pagará todas as despesas do funeral.

Toda família rubro-negra está de luto e pede muita luz e paz neste momento tão difícil dos familiares, amigos e companheiros de equipe. Adeus, nossa campeã!

TJD-SP confirma exclusão do Paulista e Batatais jogará a final da Copinha

O Paulista está oficialmente fora da final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Na tarde desta segunda-feira, o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP), Antônio Olim, confirmou a informação de que o jogador Brendon Matheus Lima dos Santos teria falsificado sua documentação para poder participar do torneio. Com isso, tendo como base o regulamento do torneio, a equipe de Jundiaí foi excluída da competição pela Federação Paulista de Futebol (FPF) e o Batatais herdou a vaga para a decisão diante do Corinthians, na próxima quarta-feira.

De acordo com uma denúncia apresentada pelo Batatais, que foi eliminado pelo Paulista na semifinal, o jogador teria 22 anos, e não 19, a idade limite para disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

O nome Brendon Matheus Lima dos Santos, que consta nas súmulas do Paulista, é o de um rapaz preso no Rio de Janeiro sob a acusação de roubo e tráfico de drogas. O nome verdadeiro do jogador seria Heltton Matheus Cardoso Rodrigues.

Anunciado, André Lima espera reescrever sua história no Vitória

Após atuar apenas por 12 minutos pelo Vitória em sua carreira, em 2013, André Lima volta ao Leão para reescrever sua história pelo clube. Na sua primeira passagem pela equipe, o atacante não teve muita sorte: foram alguns minutos em campo para sofrer uma lesão que lhe ocupou todo o restante daquele ano para a recuperação. 

O atleta, de 31 anos, tem sua apresentação marcada para a próxima quarta-feira, mesmo dia em que se integra ao elenco. O centroavante defendeu o Atlético-PR em 2016 e fez 14 gols no período.